Universidade Federal de Sergipe: Pós-Graduação e Produção de Conhecimento

José Fernandes de Lima, José do Patrocínio Hora Alves

Resumo


Nesse artigo discute-se a evolução da pós--graduação na Universidade Federal de Sergipe (UFS), destacando-se as diversas etapas do seu desenvolvimento. A pós-graduação teve inicio em 1982 no formato latu sensu e somente em 1985 começou a pós-graduação stricto sensu. Na evolução da pós-graduação dintingue-se dois períodos acentuados de crescimento, nos anos de 2000 a 2007 e de 2007 a 2017, associados a fatores distintos. A pós-graduação na UFS mostrou um crescimento relativo mais marcante que o número total de cursos no país. Até 2016 a UFS formou 3906 mestres e 409 doutores. Portanto, a pós-gradução em Sergipe, com destaque para participação da UFS (85 %), é um projeto vitorioso que deve ser incentivado, como um vetor capaz de alavancar o desenvolvimento do estado.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


http://www.latindex.unam.mx/buscador/ficRev.html?opcion=1&folio=8807

http://www.sumarios.org/revistas/revista-do-instituto-hist%C3%B3rico-e-geogr%C3%A1fico-de-sergipe